O renomado autor e palestrante norte-americano, Dr. Stephen R. Covey disse uma vez: “A motivação é um fogo interno. Se alguém tentar acender esse fogo em você, é provável que queimará muito rapidamente.” Como você define a motivação?

Existem dois tipos distintos de motivação:

Intrínseca: Motivação que vem de dentro de nós
Extrínseca: Motivação que é derivada de fonte externa, como um amigo, colegas, líderes religiosos, companheiro etc.

Em resumo, a motivação pode ser descrita como a razão ou causa pela qual uma pessoa ou um grupo de pessoas se comporta de determinada maneira. A causa ou o motivo tem que ser extremamente forte e muitas vezes envolve interesse próprio.

Considerando que você tenha bons planos que não entrem em conflito com leis, regras e regulamentos, permanecer motivado é bastante fácil. Basicamente, a motivação é apenas um estado de espírito. Se bem utilizado, pode levá-lo a alturas que talvez nunca tenha sonhado.

No entanto, nossas dicas básicas abaixo o guiarão para permanecer motivado em todos os momentos, apesar das adversidades que você possa encontrar:

1. Definição de metas

Definir uma meta para você é um método comprovado e testado ao longo do tempo para permanecer motivado. Entretanto, é importante definir metas realistas e realizáveis. Defina um prazo para atingir esses objetivos.

Existem três tipos de objetivos:

(i) Objetivos de curto prazo: podem ser realizados em algumas semanas ou meses

(ii) Objetivos de médio prazo: estes geralmente levam um ano ou dois para realizar.

(iii) Objetivos de longo prazo: Aqui você pode incluir suas opções de carreira, planos de casamento, comprar uma casa ou qualquer coisa que demande mais tempo.

2. A importância do dinheiro

Gostando ou não, o dinheiro é importante para permanecer motivado. Não estamos falando de milhões de dólares. Estamos dizendo que ter fundos suficientes para levar uma vida decente é um grande motivador por si só. Você pode começar por economizar uma parcela saudável de sua renda diária ou mensal.

3. Evite empréstimos

Indiscutivelmente, as pessoas que estão sujeitas a empréstimos apresentam uma tendência a perder motivação. A razão é simples: uma parcela considerável de seus ganhos será direcionada a eles ou faturas em aberto do cartão de crédito. Evite entrar em empréstimos, o quanto puder, a menos que seja por algum motivo genuíno e forte, como comprar uma casa.

4. Fique ao lado de pessoas positivas

Geralmente, pessoas com mentalidade positiva são as melhores motivadoras. Independentemente da sua situação, eles sempre tentarão elevar seu estado de espírito. Tais pessoas irão motivá-lo, mesmo que você se sinta pra baixo e sem forças. Além disso, sempre que aparecer os pensamentos negativos, fale com essas pessoas, seja um encontro presencial ou por telefone.

5. Aprecie-se primeiro

Sempre que você perder a motivação, pense em todas as coisas positivas que fez no passado e reflita sobre as boas experiências que teve. Além disso, lembre-se de todos os momentos adversos que você passou e de como você saiu ileso deles. Apreciar-se por suas realizações é uma excelente ferramenta motivacional.

A persistência realiza o impossível.

Provérbio Chinês

6. Use os erros como aprendizado

Isso significa aprender com seus erros do passado, porque, como seres humanos, todos somos propensos a erros devido a defeitos inerentes ou falhas de nossas características. Lembre-se, os erros não são definitivos. Eles são importantes para nós. A maioria das pessoas tende a perder a motivação quando as coisas não dão certo e os resultados desejados não aparecem.

7. Entenda seu motivo

Mais uma vez, como diz o Dr. Stephen R. Covey, a chave para a motivação está na própria motivação. Se seus motivos forem bons e em conformidade com as leis, a motivação virá automaticamente. Mas cuidado, motivos errados podem levar a uma motivação mal colocada e levar a pessoa mais estável e sóbria em sérios problemas. Uma vez que seus motivos sejam positivos e claros, a motivação virá automaticamente.

8. Evite ficar muito estressado

O estresse pode ser dividido em duas categorias diferentes:

(a) Estresse negativo: isso decorre de ações negativas, interações com pessoas desagradáveis ​​e letargia ou preguiça, exposição contínua a situações dolorosas ou solidão.

(b)Estresse positivo: atribuído a resolução de problemas domésticos ou de trabalho. O estresse positivo geralmente o deixa satisfeito e feliz, uma vez que o problema é resolvido ou após um longo dia de trabalho.

O estresse na vida diária é iminente. Permanecer motivado o ajuda a permanecer motivado.

Leia também: Dicas para vencer o cansaço no trabalho

9. Escolha ser feliz

Agora isso pode soar como uma ordem para quem enfrenta situações difíceis. No entanto, vale a pena notar, toda situação ruim sempre passa. Esteja ciente de que todas essas situações ruins acabarão por desaparecer. Perder a motivação não ajudará a resolver nenhum problema e tampouco se preocupar com algo. Você pode manter sua motivação lembrando que cada dificuldade é temporária.

10. Trace seu mapa

Infelizmente, a maioria das pessoas embarcam em um projeto ou empreendimento sem muita atenção com o resultado final. Em vez disso, você pode traçar seu próprio roteiro. Faça um plano sobre como você quer começar e por quê. Isso, por si só, é um grande fator motivacional. Simultaneamente, tenha em mente qual é o objetivo exato ou o fim que seu esforço deve chegar. Não tenha medo na busca de seus sonhos e objetivos

Vale lembrar, todos perdemos a motivação em algum ponto da vida. Isso é perfeitamente normal e há nada com que se preocupar. Analisando a causa da perda de motivação, compreendendo e procurando maneiras de mitiga-las, funciona perfeitamente. A falta de motivação, não tratada, pode levar a doenças mentais.